Editorial

Nº 12 - dezembro 2016

Ana Ferreira, Centro Interdisciplinar de Ciências Sociais CICS.NOVA – Faculdade de Ciências Sociais e Humanas – Universidade Nova de Lisboa (CICS.NOVA.FCSH/UNL), Avenida de Berna, 26 C, 1069-061, Lisboa, Portugal

Dalila Cerejo 1- Centro Interdisciplinar de Ciências Sociais CICS.NOVA – Faculdade de Ciências Sociais e Humanas – Universidade Nova de Lisboa (CICS.NOVA.FCSH/UNL), Avenida de Berna, 26 C, 1069-061, Lisboa, Portugal

Joana Azevedo Instituto Universitário de Lisboa (ISCTE-IUL), Centro de Investigação e Estudos de Sociologia (CIES-IUL)

Editorial

O terceiro e último número de 2016 da revista SOCIOLOGIA ON LINE integra artigos científicos que, mobilizando abordagens diversificadas, se centram em questões relacionadas com a ética em saúde, com o trabalho, com a pobreza e a exclusão social, com questões metodológicas e com o conhecimento, a ciência e a tecnologia. Estes artigos atestam, por um lado, a vitalidade da investigação sociológica e, por outro, a relevância social do conhecimento científico produzido por esta área do saber.

Os dois primeiros artigos resultaram de desenvolvimentos de comunicações apresentadas no “Simpósio sobre as questões éticas na investigação em saúde” organizado pela Secção Temática Sociologia da Saúde da Associação Portuguesa de Sociologia. O primeiro artigo intitula-se “Histórias de (uma) vida: desafios e dilemas éticos na investigação com idosos” e nele, as autoras, Elsa Pegado, Joana Zózimo e Noémia Lopes, partem de uma análise qualitativa para discutir alguns dilemas éticos e desafios metodológicos inerentes à psicofarmacologização da velhice. Abordando uma temática próxima da do primeiro artigo, Hélder Raposo apresenta o trabalho de investigação “Apreciação ética de projectos de investigação em saúde: uma reflexão situada a propósito da ética de investigação em ciências sociais”. O investigador, parte de uma colaboração com uma comissão de ética de saúde para refletir sobre questões relacionadas com a integração e a participação nesta comissão, assim como questões relativas à ação desta estrutura na apreciação e deliberação ética de projetos de investigação.

A revista apresenta de seguida o artigo “Biografias Cybernéticas. Um estudo sobre as indústrias Portuguesas e Britânicas de Contact Centre” de Isabel Roque. Nele, a autora analisa qualitativamente o modo como o trabalho realizado nestas indústrias afeta o percurso profissional dos seus trabalhadores.

João Dallmann é o autor do estudo “A pesquisa sociológica em contextos de pobreza” que, partindo da realização de um estado da arte nesta temática, problematiza e discute possibilidades de investigação sociológica em contextos atuais de pobreza e exclusão social.

O corrente número da SOCIOLOGIA ON LINE apresenta de seguida o artigo de Teresa Calapez, Madalena Ramos e Maria do Carmo Botelho “A influência das âncoras na distribuição estatística de itens e escalas tipo-Likert” onde as autoras avaliam de que modo a utilização de diferentes formas de nomear os pontos de escalas ordinais, etiquetando todos os pontos ou apenas os extremos da escala, influi na distribuição das respostas dos inquiridos.

Os dois últimos artigos resultam de aprofundamentos de trabalhos apresentados na conferência “Rumos da Sociologia do Conhecimento, Ciência e Tecnologia em Portugal” organizada pela Secção Temática Conhecimento, Ciência e Tecnologia da Associação Portuguesa de Sociologia. Neste âmbito, Emília Araújo apresenta o artigo “Uma abordagem sobre o tempo de(para) na ciência e academia” onde mobiliza abordagens sociológicas ao tempo e à temporalidade em contextos académicos e científicos para refletir sobre as experiências temporais de investigadores docentes e não docentes em Portugal. Finalmente, no artigo “Investigação em malária em Portugal: Mapeando modos diversos de fazer ciência” Ana Ferreira apresenta um primeiro mapeamento e caraterização das transformações ocorridas na investigação científica em malária realizada por investigadores que trabalham em organizações portuguesas entre o início do século XX e a atualidade.

Pensamos que este número da SOCIOLOGIA ON LINE, reunindo trabalhos de investigação que se debruçam sobre os mais diversificados objetos científicos, contribui tanto para o questionamento da realidade social, como para um aprofundamento da sua análise e compreensão. Esperamos que a SOCIOLOGIA ON LINE continue a ser um espaço privilegiado de reflexão sociológica e se afirme, sucessivamente, como uma revista da nossa comunidade profissional, científica e académica dotada de crescente visibilidade nacional e internacional. Neste percurso, esperamos poder continuar a contar com a participação dos membros da nossa comunidade para o enriquecimento destes e de outros debates no futuro.

Autores: Ana Ferreira, Dalila Cerejo, Joana Azevedo

Download
2017-08-21T14:33:53+00:00